Revista Boat Shopping - Lanchas Barcos Veleiros Yachts Jet Ski Náutica

Scheidt e Borges enfrentam ventos fortes no Mundial de Portugal

Dupla formada por Scheidt e Borges velejaram entre os top 20 nas três provas do dia, que teve ventos entre 18 a 22 nós e ondas grandes na cidade do Porto. A edição 2017 do Campeonato

Scheidt-e-Borges-mundial-49er-boatshopping

Dupla formada por Scheidt e Borges velejaram entre os top 20 nas três provas do dia, que teve ventos entre 18 a 22 nós e ondas grandes na cidade do Porto. A edição 2017 do Campeonato Mundial de 49er está na base do ‘8 ou 80’. Após dois dias de adiamento por falta de condições climáticas, segunda e terça-feira, a disputa começou na quarta-feira com vento fraco. Mas, nesta quinta-feira (31), o litoral da cidade do Porto, em Portugal, foi invadido por uma forte ventania. Situação que trouxe um desafio a mais para Robert Scheidt e Gabriel Borges. “Velejamos com ventos entre 18 a 22 nós e muitas ondas, coisa que enfrentamos poucas vezes nessa nova classe”, disse o bicampeão olímpico.

 

Mesmo com dificuldades, Scheidt e Borges conseguiram se manter no pelotão da frente em boa parte das três regatas disputadas nesta quinta-feira. Para Robert, o mais importante foi o aprendizado. “Tivemos um dia duríssimo. Velejamos em condições extremas e isso acarretou em duas viradas. É bem verdade que quase toda a flotilha virou, mas isso nos atrapalhou em momentos em que vínhamos em quinto e sexto em duas regatas. Mas vale como experiência e seguimos lutando”, disse o bicampeão olímpico, patrocinado pelo Banco do Brasil e Rolex, com os apoios do COB e CBVela.

 

Scheidt e Borges terminaram as regatas sempre no top 20, com um 14º, 17º e 10º lugares e terminaram o dia na 35ª posição, com 58 pontos perdidos. Com isso, apesar de ganhar três posições na classificação geral, não conseguiram entrar na flotilha ouro e, nesta sexta-feira (1), iniciam a disputa da prata. A liderança é dos britânicos Dylan Fletcher-Scott e Stuart Bithell, com 9 pontos perdidos. Entre os demais brasileiros em Portugal, Carlos Robles/Marco Grael e Dante Bianchi/Thomas Low-Beer aparecem em 19º e 38º lugares, respectivamente. No feminino, Martine Grael com Kahena Kunze, dupla campeã olímpica nos Jogos Rio 2016, ocupa a 3ª colocação.

 

Scheidt

Comments

comments

Review overview